Mensagem

 

Não somos daqueles que atiram pedras aos que não pensam como nós. (Allan Kardec)

Como antes de tudo procuramos a verdade, e não temos a pretensão de sermos infalíveis, quando ocorre que nos enganamos, não hesitamos em reconhecê-lo. Não conhecemos nada mais tolo do que obstinar-se sobre uma opinião errônea. (Allan Kardec) 

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. (Chico Xavier).  

Quando todos os homens compreenderem tudo o que encerram as palavras amor e caridade, não haverá mais sobre a Terra nem soldados nem inimigos, nela não haverá mais do que irmãos; não haverá mais os olhares irritados e ferozes, não haverá senão frontes inclinadas para Deus! (Allan Kardec). 

O ateu, o descrente, o materialista tem todo o direito de não acreditar em nada. Deus mesmo lhes dá esse direito. Mas é de extrema arrogância desqualificar a crença da maioria da humanidade, como ilusão, alienação, ignorância... Significa isso dizer que eles, e apenas eles, têm lucidez suficiente para encarar a realidade. O resto dos pobres mortais se ilude, se engana, vive no desvario, porque não é suficientemente forte, como diria Nietzsche, para enfrentar o nada e a falta de sentido. (Dora Incontri). 

O que importa não é a religião de alguém, pois isso é fácil, basta filiar-se a uma disponível no "mercado". O grande lance é ter uma religiosidade profunda, pois aí, sim, meu amigo, você será capaz de respeitar o direito do outro em seguir o caminho que ele achar melhor para si, como, obviamente, você quer, advoga, e até "briga" para ter esse mesmo direito. Tudo se resume em: "Tudo o que você deseja que os outros façam a você, faça você também a eles". (Jesus) (Paulo Neto).

 

 

Contador de Visitas

16066
HojeHoje5
OntemOntem8
Essa SemanaEssa Semana15
Esse MêsEsse Mês112
TodosTodos16066

Newsletter

Receba os novos artigos em seu e-mail

Meu Mestre

Quem está Online

Temos 16 visitantes e Nenhum membro online